Prefeitura Almirante Tamandaré

Prefeitura Municipal de Almirante Tamandaré

Notícias

04/04/2017 Secretaria de Obras planeja investimentos de R$ 60 milhões Do total, 70% dos recursos serão aplicados em pavimentação e obras na educação

Um montante de R$ 60 milhões em investimentos e obras de pavimentação, recuperação e remodelação de quadras esportivas, melhorias de praças públicas e construção de postos de saúde. O projeto global de obras e investimentos da Secretaria de Obras e Infraestrutura foi apresentado hoje na 2ª Escola de Gestão da administração Gerson Colodel e Daniel Lovato, no Centro Estadual de Educação Profissional (CEEP) Theodoro de Bona, na Vila Grécia.

Almirante Tamandaré tem 600 quilômetros de vias, sendo que 450 quilômetros são de pavimentação primária (ou seja, saibro). Desde outubro de 2016, nenhuma via recebeu manutenção. Foi feito um contrato emergencial para recuperação de vias logo no início da administração atual. Apenas duas máquinas próprias foram colocadas nas ruas – após terem sido consertadas: uma motoniveladora e uma retroescavadeira (que era da Secretaria de Agricultura, Abastecimento e Meio Ambiente). “Quando assumimos, vimos um cemitério no pátio de Obras. O espetáculo era de horror! Todos os equipamentos estavam sucateados”, afirmou Mauro Perussi, secretário de Obras e Infraestrutura. Uma licitação para compra de equipamentos está em andamento, assim como para roçada e iluminação pública.

Em 45 dias de obras emergenciais com máquinas alugadas, a Prefeitura conseguiu atender 500 logradouros. Foram realizadas Operações Tapa Buracos, com a recuperação de 15 quilômetros de ruas. Seiscentas lâmpadas foram trocadas, 400 relés, 96 reatores e 30 luminárias. “Hoje temos mais de 500 atendimentos pendentes que vieram através de protocolo. Vamos priorizar os prédios públicos”, ponderou o secretário. Dos pedidos pendentes, 56% são de manutenção viária, 26% de iluminação pública e 8% de manutenção predial.

A secretaria já trabalhou nas reformas da Unidade de Saúde (US) Roma, dos prédios do Centro de Referência da Assistência Social (CRAS) e dos Correios, do Armazém da Família. Estão em andamento projetos arquitetônicos da Capela Mortuária do Tanguá, Central de Ambulância e SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) e da Indústria do Fazer do Jardim São Venâncio.

Pavimentação – Um grande projeto de pavimentação de vias já está em andamento. É o caso da Rua Pedro Polak, trecho 02, no bairro Jardim Paraíso, com investimentos de R$ 342,5 mil e entrega prevista para 90 dias; da Rua Antonio de Siqueira, no Centro, que liga o Ginásio Buzatão e o Fórum, com investimento previsto de R$ 276,1 mil e entrega de obras para 90 dias; da Rua Maurício Rosemann, na Colônia São Venâncio, com investimento de R$ 507,6 mil e término das obras para 90 dias.

Para os próximos dias, estão previstas pavimentação nas ruas: Pedro Polak trecho 01, no Jardim Paraíso, R$ 387,8 mil, início de obras em maio e término em 90 dias; Tenente José Tenório, no Jardim Paraíso, R$ 962,3 mil, início das obras em abril e término em 120 dias; Elísio Ferreira do Nascimento, no Tanguá, R$ 1,2 milhão, início para maio e término em 210 dias; Rua das Amoreiras, Lamenha Grande, R$ 910,2 mil, início em maio e término em 210 dias; Simão Domakoski, Jardim Paraíso, R$ 233,3 mil, início das obras em maio e término em 210 dias; Delegado Theolindo B. de Siqueira e Leonardo Muraski, no Jardim Paraíso, R$ 761,2 mil, inicia em maio e termina 210 dias após; Juvenil de Oliveira Bini, Centro/Jardim São Domingos, R$ 400 mil, início em maio e término em 90 dias; ruas do Jardim São Francisco, num total de R$ 4,2 milhões, em fase de estudo de viabilidade técnica. Para escolha de ruas a serem pavimentadas, estão sendo priorizadas inicialmente as que dão acesso a prédios públicos e linhas de ônibus.

Quadras cobertas – Estão sendo realizadas obras para quadras cobertas nas seguintes escolas municipais: Ignácio Lipski, no Botiatuba, R$ 509,3 mil, prazo de entrega em outubro; Taiza, no Jardim Taiza, R$ 509,3 mil, entrega em outubro; Clair do Rocio Sandri, no Tanguá, R$ 234,7 mil, entrega para junho; e São Jorge, no bairro São Jorge, R$ 173,6 mil, entrega para junho.

Buzatão – O Ginásio de Esportes Buzatão também será reformado. Ele receberá troca de telhado, piso e pintura geral. A reforma está orçada em R$ 271,4 mil. O início das obras deverá ocorrer em maio com término em 90 dias.

Fundo Rotativo – O prefeito Gerson Colodel anunciou que irá criar um Fundo Rotativo das Escolas e Centros Municipais de Educação Infantil (CMEIs) para que as direções tenham recursos para pequenos reparos nas escolas.

Recuperação de Prédios Públicos – Já foi assinada uma licitação para recuperação total de prédios públicos. “Será o maior programa neste sentido da história de Almirante Tamandaré. Não podemos deixar nossa cidade abandonada”, garantiu o prefeito.

Orçamento – Estão previstos R$ 60 milhões em investimentos (30 a 40% do orçamento municipal). Isto significa que Almirante Tamandaré deverá investir 5% do Produto Interno Bruto (PIB) em obras na cidade. O Brasil investe apenas 2,18% do PIB em infraestrutura.


e-mail