Prefeitura Almirante Tamandaré

Prefeitura Municipal de Almirante Tamandaré

Notícias

11/04/2017 100 dias: Almirante Tamandaré voltou a funcionar Foram feitos pagamentos de salários atrasados, obras estão nas ruas, programas foram lançados

Em apenas 100 dias de administração municipal, Almirante Tamandaré mudou completamente o perfil: pagou salários atrasados, quitou dívidas do Município com fornecedores, voltou a ter credibilidade no mercado saindo da lista dos inadimplentes do Tribunal de Contas do Estado (TCE), reestruturou órgãos abandonados, renegociou dívidas. Hoje, a cidade já está na lista de autoridades políticas nacionais e emendas parlamentares foram destinadas para saúde e educação. “Encontramos uma situação caótica em nossa cidade, com mais de R$ 60,8 milhões em dívidas. Hoje temos um quadro bem diferente e temos muito a fazer. Não vamos descansar enquanto não colocarmos Almirante Tamandaré definitivamente nos trilhos do progresso”, afirmou o prefeito Gerson Colodel.

Saúde - As conquistas foram as mais variadas. O Pronto Atendimento 24 Horas, que havia entrado no descrédito da população, ganhou novos médicos e o Raio-X que estava parado desde outubro voltou a funcionar. Os primeiros médicos especialistas foram contratados e o resultado foi imediato: maior confiança da população e redução de filas.

Fazenda - A Prefeitura lançou o REFIS (Programa de Recuperação Fiscal) 2017, dando 85% de desconto de juros para quem quitasse as dívidas à vista com o Município. Com isto, as dívidas de Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) e Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISSQN) com o Município puderam ser pagas com desconto de juros e possibilidade de parcelamento em até 36 vezes.

Além de pagar todos os funcionários concursados com salários em atrasado da gestão anterior e médicos, a Prefeitura resolveu fazer o reenquadramento funcional dos professores e o pagamento do terço de férias (que estava atrasado desde o ano passado) como forma de mostrar a valorização profissional desta administração.

Indústria e Comércio - A cidade pleiteou e foi inserida no Programa Cidade Empreendedora. A ideia é incentivar as micro e pequenas empresas a investirem no Município. De acordo com o Sebrae, a estruturação de Tamandaré como Cidade Empreendedora irá desburocratizar todos os processos de abertura de empresas e agilizar empréstimos para quem quer expandir os negócios.

Educação - Com apoio político, o governo do Estado incluiu oito escolas de Almirante Tamandaré no Programa Escola 1000 – que prevê a recuperação e melhorias na infraestrutura de mil escolas da rede estadual. Salas de aula, quadras poliesportivas e laboratórios deverão ficar mais modernos e preparados para recebimento dos alunos.

Livros, enciclopédias e materiais didáticos foram entregues para as crianças de Almirante Tamandaré numa parceria com a Editora e Instituto Positivo e o Provopar Estadual. Os livros atenderão cerca de 8 mil alunos.

Mais de R$ 1,5 milhão em uniformes, tênis, meias e mochilas que estavam inutilizados dentro de um depósito no Ginásio de Esportes foram entregues para as crianças da rede pública municipal. “Encontramos quilos de uniformes que deveriam ter sido entregues em anos anteriores estocados no ginásio. Eles estavam novos e seriam inutilizados. Todos com cor e logomarca da gestão anterior. Eu mandei entregar para os alunos porque estamos falando de dinheiro público, quem pagou estes uniformes fomos nós com nossos impostos e não poderíamos deixar que eles ficassem em depósitos estragando”, afirmou o prefeito Gerson Colodel.

Centenas de pessoas passaram pela Praça do Skate para participar das comemorações do Dia Internacional da Síndrome de Down. Tradicionalmente, a data é comemorada no dia 21 de março. O tema das homenagens foi “Igualdade na Diferença: Uma Semente de Amor”. Foram feitas apresentações culturais como: Grupo de Hip Hop Cia Guerreiros, Fanfarra da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE) de Santa Felicidade, Flauta Doce do Projeto Vida e Música com a Escola Especial Roza Bini de Oliveira. A cidade atende atualmente 57 alunos com Síndrome de Down. Estes alunos estão distribuídos na Escola Especial Roza Bini de Oliveira, Centros Municipais de Educação Infantil (CMEIs) e escolas regulares que trabalham com a inclusão.

Obras e Infraestrutura - Em infraestrutura, a Prefeitura anunciou obras no Jardim Paraíso – que já começaram a ser realizadas. Foi assinada a ordem de serviço para o início das obras da Rua Pedro Polak – entre as ruas Leonardo Muraski e Rafael Raimundo. O valor total de investimentos nesta pavimentação será de R$ 342,5 mil. O prefeito assinou ainda o processo licitatório do asfalto da Rua Tenente José Tenório de Albuquerque, com investimentos previstos de R$ 962,3 mil. A diretora da Escola, Luciana Back, recebeu das mãos do prefeito e do vice-prefeito Daniel Lovato os estudos de viabilidade técnica já concluídos das ruas: acesso a Escola Municipal Eurípedes, Simão Damacoscki, Marta Scholochoski, Vicente Govaski, Cláudio Manoel Dias e José Gavilike. Estes estudos compreendem obras de R$ 2,1 milhões. Também já está prevista a pavimentação de outro trecho da Rua Pedro Polak, entre a Rua Leonardo Muraski até a Escola Estadual, num investimento total de R$ 387,8 mil. O total de recursos que devem ser investidos no Jardim Paraíso em pavimentação ultrapassa R$ 3,8 milhões.

O Município de Almirante Tamandaré ganhará uma agência do INSS (Instituto Nacional de Seguro Social). Na prática, isso significa que a população deixaria de ir para Curitiba para resolver pendências como concessão de benefícios aos contribuintes em caso de doença, invalidez, morte, idade avançada, seguro maternidade, perícia médica, além da reabilitação de trabalhadores que estão vinculados à Previdência Social. O prédio do INSS será implantado num terreno ao lado da Câmara Municipal, na Rua Lourenço Angelo Buzato, no Centro. Ele terá 350 metros quadrados. O terreno será doado pela Prefeitura e o INSS investirá R$ 2,5 milhões na nova unidade. Serão de responsabilidade do Município os estudos de solo e o levantamento do local. Para iniciar a obra, o INSS aguarda apenas a dotação orçamentária do governo federal.

A prefeitura de Curitiba reativou a Usina de Asfalto que irá retomar a produção de massa asfáltica e aumentar a capacidade mensal de pavimentação de ruas. O empreendimento nominado como Engenheiro Gilberto Bueno Coelho fica no Abranches, na divisa com Almirante Tamandaré. A primeira obra que será feita com a usina será a manutenção preventiva e corretiva da Rua Mateus Leme – que é um importante acesso para Almirante Tamandaré. É uma rua intermunicipal. “A Usina fica na divisa com Almirante Tamandaré, na Vila Krachinski. Queremos fazer uma parceria, um convênio com a Prefeitura, para usarmos de forma compartilhada a usina. Isto nos possibilitaria investir na pavimentação da nossa cidade. Essa é nossa ideia, nosso desafio”, comentou o prefeito. Em breve, deverá ser reativada também a Usina de Almirante Tamandaré.

O prefeito Gerson Colodel sancionou a Lei 015/2017, aprovada pela Câmara de Vereadores. A Lei cria o Programa de Pavimentação Comunitária em Almirante Tamandaré. Isto significa que os próprios moradores poderão financiar a pavimentação da rua onde moram. O Programa “Meu Asfalto” prevê que para aderir ao programa, os moradores terão que protocolar um abaixo-assinado na Prefeitura com 85% da assinatura dos moradores da rua. A Secretaria de Obras e Infraestrutura entra com os projetos e orçamentos. Os moradores fazem um rateio dos gastos e o pagamento é financiado em 60 meses. Para o início da obra, serão necessários 65% do pagamento. O Município assume até 25% dos valores.

Esporte – O Município começou a investir fortemente em esporte e espera atrair atletas das mais variadas modalidades. Os irmãos Tainá Santos e Wesley Santos disputam Rúgbi Sobre Rodas e usam o Centro da Juventude de Almirante Tamandaré para treinar diariamente, das 8h30 às 10h30. Tainá é atleta da Seleção Brasileira e Wesley está entre os 20 observados no ranking de selecionáveis.

Treze escolas (12 estaduais e uma particular) participaram do 64º Jogos Escolares Fase Municipal. Foram cerca de 500 atletas e professores envolvidos nas atividades.

Turismo - Desde 2013 fora da rota de turismo do Paraná, a cidade de Almirante Tamandaré agora voltou a fazer parte dos municípios contemplados com programas e verbas do governo federal para o turismo. Ela foi inserida na Rota de Turismo e do Calendário de Feiras e Festas.

Meio Ambiente - A Secretaria de Agricultura, Abastecimento e Meio Ambiente organizou a coleta seletiva de lixo em Almirante Tamandaré. Dois caminhões estão percorrendo toda a cidade em dias alternados.

Administração e Previdência - Depois de passar por uma completa desestruturação, o Núcleo de Proteção e Vigilância Monitorada (NPVM) de Almirante Tamandaré voltou a funcionar. Ele está instalado agora na Vila Santa Terezinha, com salas adequadas. A Central de Alarmes foi reimplantada, dois automóveis táticos já estão nas ruas e duas repetidoras fazem a transmissão dos chamados. Vinte e dois agentes de segurança voltaram às suas funções de origem.

As polícias civil e militar, o Núcleo de Proteção e Vigilância Municipal (NPVM), Conselho Tutelar, Vigilância Sanitária e demais órgãos governamentais estão realizando cotidianamente a Operação AIFU (Ação Integrada de Fiscalização Urbana) nos principais pontos de Almirante Tamandaré. Além da fiscalização sanitária e dos laudos de licenciamento, que é um dos principais focos da AIFU, os policiais também verificam se existem outras irregularidades no local como a permanência e venda de álcool a menores, poluição sonora, foragidos da justiça, a presença de armas e drogas, além de outros delitos.

Equipamentos, veículos e coletes foram entregues para o desenvolvimento das atividades da Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil em Almirante Tamandaré. A Defesa Civil foi reestruturada para atuar em eventualidades e desastre naturais.

Os moradores de Almirante Tamandaré contam com mais um benefício: o horário de atendimento no Detran (Departamento de Trânsito) agora é das 8h às 14h. A agência não fecha mais para almoço. A mudança dá mais comodidade ao moradores da cidade e acabou com as filas que se formavam no horário de almoço, quando a agência ficava fechada.

Abastecimento - O Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), conhecido antigamente como “Fome Zero”, foi reativado em Almirante Tamandaré. Com 51 agricultores cadastrados, o projeto adquire produtos feitos no Município e encaminha para 22 entidades cadastradas e para merenda escolar. O PAA é um programa do governo federal – que repassa os recursos para a compra dos produtos feitos por agricultores familiares. Os alimentos depois são distribuídos pela Prefeitura. Entre as verduras adquiridas estão: cebolinha, abóbora, repolho, batata, pimentão, tomate, beterraba, alface, chuchu, couve e cebola.

Agricultura – Um dos grandes pedidos da população de Almirante Tamandaré era a reabertura do Armazém da Família do Jardim Gramados. Centenas de pessoas acompanharam a cerimônia de reabertura. O Armazém da Família foi fechado no dia 18 de outubro, logo depois que a administração passada soube o resultado das eleições municipais. A dívida da unidade com a Prefeitura de Curitiba era de R$ 82,5 mil. Isto sem contar as dívidas de aluguel (R$ 38,2 mil), Transportadora (R$ 36,6 mil) e folha de pagamento (que era feita por uma terceirizada, somando um débito de R$ 350 mil).

Produtores de cebola de 25 municípios do Centro Sul do Paraná participaram do 27° Encontro Estadual de Produtores de Cebola, no Salão da Igreja de São Miguel. O evento é tradicional no Paraná. Este ano, o tema central foi “Boas Práticas Agrícolas na Cultura de Cebola”. Além das palestras técnicas, os 800 produtores, técnicos, pesquisadores e estudantes contaram com exposição de insumos, máquinas e equipamentos utilizados na produção.


e-mail